A importância da divulgação do seu trabalho na Internet

Ser músico é um desafio constante. Encontrar clientes para shows e apresentações, divulgar o trabalho e conquistar fãs, além de ter que ouvir pedidos de se apresentar em troca de divulgação. Porém, hoje o mundo está conectado e o networking ficou muito mais simples com o avanço das redes sociais e contato fácil por aplicativos de mensagens, como WhatsApp.

É fundamental para o sucesso no meio da música estar online, uma prova disto é que graças ao streaming, o mercado fonográfico brasileiro cresceu 17,9% em 2017 na comparação com 2016. Mas, além de criar perfis, fazer o upload de vídeo e disponibilizar seu trabalho em streaming, é importante saber como se posicionar. Veja algumas dicas:

O começo Para quem tem banda pode ser mais fácil conseguir um username único no Instagram, mas se usa seu próprio nome não tem problema. Basta usar a criatividade e juntar seu nome ao que você faz ou ao seu estilo musical.

Na descrição da rede social também é importante ser objetivo e não esquecer do fundamental: seu contato, sua especialidade e a sua proposta. Se quer ser contratado para show (e não apenas vender a música online) é interessante mencionar a cidade ou região que atende. Lembre-se de não colocar informação demais ou pode afastar aqueles que forem procurar o seu perfil.

No espaço para link, se não tiver site próprio aproveite para colocar o seu perfil em uma rede gratuita, como o Soundcloud ou o Busque Músicos – que disponibiliza seu perfil para ser encontrado por clientes de todo o país.

Produção Postar fotos e vídeos ajudará muito a tornar sua banda ou você mais conhecidos, mas é preciso estar atento a alguns detalhes. Se você tiver uma câmera profissional, ótimo. Se não, mesmo com um celular é possível começar, para vídeos escolha locais iluminados por luz natural, que não custa nada e ajuda muito no resultado final. Não esqueça também de conferir a acústica e revisar o que foi gravado antes de postar, mesmo que seja nos Stories do Instagram.

Publicações – Se adaptou o seu perfil pessoal para usar como músico, fique atendo às fotos publicadas, legendas e locais. É legal mostrar os bastidores de uma gravação, as fotos de um evento e até selfies com os companheiros de banda. Mas, pense bem antes de postar opiniões, fotos da sua família e outras publicações não relacionadas ao seu trabalho.

Também é fundamental ter uma frequência nos posts, mas sem ser chato, publicando muitas vezes por dia. Fazer muitos Stories, ou repetir a mesma publicação diversas vezes pode incomodar quem te segue e fazer com que desistam de acompanhar o seu trabalho. Em algumas redes sociais é possível programar a publicação, como no Facebook, use isso ao seu favor para poder ter uma consistência em quanto aparece para os seguidores.

Não vale copiar, mas pode se inspirar – Seus ídolos, colegas e até artistas que não têm nada a ver com seu estilo musical podem servir de inspiração para os seus posts. Não tem problema algum ver um vídeo na timeline e ter inspiração para gravar um também, só não copie e faça igual. O que vai atrair seu público é justamente o que te faz diferente dos outros.

Lives – Elas valem a pena? Sim! Mas sempre com parcimônia, pense bem no que quer mostrar, não precisa fazer live de tudo, mas pode ser uma boa chance de responder perguntas, interagir com fãs e mostrar no que você está trabalhando. Fazendo isso você estará engajando seus seguidores.

Seja encontrado – Nas redes sociais vale e muito o uso de hashtags para ser encontrado, o Instagram (inclusive no Stories) e o Twitter são as que dão o maior alcance orgânico com as hashtags, mas é válido usá-las também no Facebook e Linkedin – sim, é muito interessante que você também faça o uso da rede para contatos profissionais.

Mas, antes de poluir sua legenda e afastar audiência por usar muitas hashtags, pense bem em quais buscas é interessante você ser encontrado, use sua região, seu estilo musical, o tipo de evento e o que mais for relacionado ao seu trabalho.

Vá além – Nem só de redes sociais vive o músico, procure sites do gênero para se atualizar, leia sobre o mercado e se coloque em diversos locais para ser encontrado. Uma excelente forma de começar é pelo Busque Músicos, um site que permite que você se cadastre gratuitamente para ser encontrado por clientes de todo o país.

O site será liberado para o público em geral em setembro, mas você já pode se cadastrar e deixar seu perfil pronto para ser encontrado por futuros clientes, acesse https://busquemusicos.com.br/.

Deixe uma resposta